10 de julho de 2012

Música da pastilhada

No meu local de trabalho temos sempre a música ligada. Há a que toca fora do meu posto de trabalho e a que toca dentro, o que já é coisinha para deixar uma pessoa à beira de um ataque de esquizofrenia. Mas o pior, pior, é quando a box da música do meu posto de trabalho lhe dá 'uma coisinha má' e só toca música da pastilhada todo o dia... É uma coisa que me dá nos nervos. Já não basta a que passa na rua ser todos os dias a mesma, agora ter de ouvir mais pastilhada o dia todo.
E perguntam vocês: mas não dá para mudar de canal? Dar, dá, mas a maquineta está no canal que passa as melhores músicas e até dá coisas actuais tipo Carminho com Pablo Alborán, Amor Electro e outros que tais. Resumindo tenho medo de mudar e depois descontrolar o esquema todo. Mas, às vezes não outra hipótese. É que pastilhada dá comigo em doida. Sou mais pop, rock ou world music. Como vêm até gosto de coisas variadas, pastilhada durante oito horas seguidas é que me dá nos nervos!

1 comentário:

Rita disse...

:/ Gabo-te a paciência...